bem-vindo
servicos
transporte-escolar
940x160valdosprof
940x160valorizacaoservidor
940x160mju94anos
940x160colseletiva2018
940x160queimadas
940x160concursopub2018
940x160carteirinha_idoso
940x160capitaldograo
940x160festgatro2018
940x160combatdengue2018
940x160_9parc1211
940x160novazul2018

Grupo Memória faz aula demonstrativa de Capoeira na Escola Padre Constantino

thumbnail_20181031_151312_resized

O Projeto de Capoeira Ginga Maracaju que tem o apoio da Secretaria de Esportes  e pertence ao Grupo Memória e em Maracaju é coordenado pelo professor Luiz Fábio ( Maçaneta), que atendendo  solicitação do professor de educação física  Lucas Renato Santos Ferraz, da Escola Estadual padre Constantino do Monte, pediu uma demonstração de Roda  de Capoeira, com explicação sobre a origem da Capoeira e seus instrumentos utilizados no jogo, como, berimbau,   pandeiro, adufe, atabaque, ganzá ou reco-recocaxixi e agogô.

Além de falar sobre a origem e  vertentes da Capoeira, explicou sobre a origem da  palavra “Capoeira” denota “o que foi mata”, por meio da conexão dos termos ka’a(“mata”) e pûer (“que foi”).  Alude às áreas de mata rasa do interior do Brasil onde era feita a agricultura indígena.  Professor Luiz Fábio foi além, fez demonstração de golpes, falou sobre a indumentária e principalmente a música.

thumbnail_20181031_151345_resized

Para o Professor Lucas, é sempre importante fazer aulas diferenciadas com outros professores, trazer tudo aquilo que é ligado ao esporte e interagir com alunos. “ Foi sem dúvida uma aula, proveitosa, diferente, e divertida, e os alunos puderam saber e conhecer sobre capoeira, com alguém que realmente é capoeirista”, disse Lucas.

Para Luiz Fábio, professor de Capoeira, sempre é bom e positivo mostra a Capoeira que é genuinamente  brasileira, e , principalmente para acabar com o preconceito que ainda existe,   mostrar que além de ser um esporte saudável, e de fácil acesso, todos podem praticar, e pode ser usada como  defesa pessoal, disse Maçaneta.

thumbnail_20181031_153208_resized