bem-vindo
servicos
aniversario-maracaju-93-anos
campanha_dengue
topo-pref

Mais benefícios aos pequenos produtores através da Incubadora

dsc_2867

A Incubadora Tecnológica de Cooperativas da UFMS, Coordenada por Mirian Coura Aveiro esteve na manhã deste dia (13), no gabinete do prefeito Maurílio Ferreira Azambuja, que contou também com a presença do Presidente da Câmara Hélio Albarello, Secretária de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente Renata,Secretário de Governo Frederico Felini e Diretor do Departamento Agropecuário Eloar Castelaci, para apresentação das demandas dos produtores incubados do Assentamento Guilhermina.
A atividade de organização da cadeia produtiva no município faz parte do plano de trabalho disposto no termo de cooperação mútua entre a UFMS e a prefeitura de Maracaju até o ano de 2020.
Os projetos já estão sendo desenvolvidos no assentamento Santa Guilhermina e o frango caipira foi a primeira proposta organizada.
Os projetos da laranja e da pecuária leiteira já estão em fase de capacitação.
Merenda Escolar: toda a organização da produção, tem como objetivo atender a merenda escolar por meio do PNAE – Programa Nacional de Alimentação Escolar regido pela lei federal Nº 11.947/2009 que orienta o município adquirir no mínimo 30% de produtos da Agricultura familiar para atender a demanda das escolas municipais.
Após 12 meses de capacitação e prática de produção do frango caipira para 56 produtores, o primeiro produto de origem animal, já está em fase de organização para a comercialização no município.
A pauta desse encontro trouxe a novidade da portaria nº 5 de 14/02/2017 que estabelece os requisitos para a implantação de estabelecimento agroindustrial de pequeno porte a ser construído no assentamento Santa Guilhermina.
As emendas parlamentares para a construção do abatedouro já foram adquiridas pelo prefeito municipal e o prazo de construção já está definido até o ano de 2018.
O presidente da Câmara acatou a proposta de inclusão de produtos de origem animal (frango, suínos, peixes, leite/derivados e mel), no SIMPAF.” Tudo o que for para fortalecer o pequeno produtor, devemos ter um bom entendimento. Quem ganha é a sociedade”,disse Hélio.
A aprovação dessa junção fortalecerá o pequeno produtor da Agricultura familiar no município e promoverá o desenvolvimento sustentável dentro das normativas da Vigilância Sanitária.
Para o prefeito Maurílio Ferreira Azambuja essa é uma parceria importantíssima e que vem a somar junto as demais projetos da prefeitura que beneficia os pequenos produtores. “ temos o compromisso de manter o pequeno produtor e sua família no campo, para isso são necessários esses programas que oportunizam a cada dia que passa melhor a qualidade de vida dos pequenos produtores, são eles que colocam o alimento em nossa mesa, de forma diversificada, e vamos continuar parceiros para o bem comum”, disse Maurílio.
Por: Paulo Roberto