Dia de Campo na Escola Família Agrícola Rosalvo da Rocha Rodrigues

18835721_1929657320627690_8646565577701587557_n

Dia de Campo na Escola Família Agrícola Rosalvo da Rocha Rodrigues
Nesta terça feira (30 ) foi realizando um Dia de Campo com os estudantes do Curso Técnico em Agropecuária Integrado ao Ensino Médio da Escola Família Agrícola Rosalvo da Rocha Rodrigues, que funciona na Antiga Escola Agrícola de Maracaju.
Atualmente a Escola atende 130 estudantes de diversas localidades do estado, com dois cursos técnicos. Um integrado ao ensino médio funcionando durante o dia em alternância e outro de nível pós-médio funcionando a noite e atendendo exclusivamente trabalhadores e trabalhadoras de Maracaju, em parceria com a Prefeitura Municipal.
Estiverem presentes no evento o Dr. Valter Loeschner, Biólogo e Técnico Agrícola da Divisão de Produção e Desenvolvimento Agropecuário da SFA/MS.
Valter trabalha no Ministério da Agricultura (MAPA), fomenta a produção orgânica e agroecológica por meio do Programa Bancos de Sementes Crioulas. O programa atende mais de 1200 famílias de pequenos produtores em assentamentos, aldeias, quilombolas, escolas agrícolas e universidades. Tem 54 bancos de sementes e unidades demonstrativas e uma Estação Experimental em Bandeirantes onde são reproduzidas as sementes crioulas e de adubos verdes para distribuição aos produtores. Também participaram a Agrônoma da Agraer, Eneida Vasconcelos, o Diretor do Departamento Agropecuário do Município Eloar Castelaci e todos os dirigentes, coordenadores e professores da Escola.
O Dia de Campo é um eficiente método de divulgação de tecnologias e práticas agropecuárias sustentáveis voltadas para o meio rural. Vem sendo usado no Brasil, desde que o serviço de extensão rural foi implantado em 1948. É um método de comunicação grupal e utiliza uma metodologia que possibilita uma demonstração prática da experiência visitada. Este método permite a troca de conhecimento, desperta e motiva nos participantes o interesse em adotar novas práticas.
Foram apresentadas pesquisas e experiências sobre adubações verdes (feijão guandu, feijão de porco, crotalária, mucuna-preta) e sobre as culturas do feijão, do milho crioulo, do milho variedade, da mandioca, da batata-doce, do inhame com destaque para pragas e doenças das culturas apresentadas com formas de prevenção e manejo com tratos agroecológicos.

18767943_1929657323961023_121639353465792663_n

Por : Paulo Roberto