Extensão da Ferroeste irá passar por Maracaju

dsc_5445

Durante a abertura do Showtec 2018, realizada ontem (17) na Fundação MS, aconteceu mais uma importante reunião sobre a extensão de ramal ferroviário até Maracaju. A princípio o ramal fará a ligação até Dourados, onde a malha férrea pertence à concessionária Ferrooeste que tem a concessão no Estado do Paraná, mas devido ao potencial do município  a linha férrea poderá passar por Maracaju. A reunião teve a participação do Prefeito Maurílio Ferreira Azambuja, do Secretário de Governo de Maracaju, Frederico Felini, Secretário de Obras Thiago caminha, do Governador do Estado, Reinaldo Azambuja, produtores rurais, diretores da  Ferrooeste e o  Secretário de Infra Estrutura do Estado do Paraná, José Richa Filho.

Para o presidente da Ferrooeste João Vicente, o potencial de Maracaju e da região é impressionante. “O que mais chama atenção é que ainda tem muita área agrícola para expandir. Com a tecnologia existente e o aumento gradativo da produtividade os resultados vistos nesta feira nos surpreendem. Este é um fator importantíssimo o que já mostra a necessidade do entroncamento ferroviário”, disse João Vicente.

file-3

O Secretário de Infra Estrutura do Paraná, José Richa Filho, disse que a união dos dois estados em busca de um bem comum que representa progresso para o país pode ser viabilizado. “Não é um sonho, é real esse entroncamento ferroviário. Não se pode ir contra o progresso e a economia. Com a efetivação do terminal todos ganham”, disse o Secretário.

Para o prefeito Maurílio Ferreira Azambuja, os trabalhos em busca do ramal férreo com viabilidade possível de acontecer começaram no ano passado. A reunião é mais um demonstrativo de união dos governos que buscam o melhor. “Não vamos medir esforços, iremos buscar todos os aliados possíveis para a realização desse ramal. É mais fonte importante de geração de emprego e renda. A ferrovia é uma alternativa viável, barata e eficiente de transporte e vamos tornar isso possível”, disse o prefeito

O Governador do estado, Reinaldo Azambuja, disse que não irá medir esforços para que o ramal venha até Maracaju. “Não tem porque não vir até Maracaju, todos os estudos mostraram a viabilidade, e principalmente a força produtiva da região, além do que todo o estado ganha com a chegada do ramal”, disse Reinaldo.

dsc_5476

Por: Paulo Roberto

Foto: Fabiano Fernandes