Maracaju: começa campanha contra Dengue

dsc_0808 dsc_0797

O mosquito transmissor da dengue agora está muito mais perigoso. Segundo o setor de Controle de Endemias o aedes aegypti se modificou e hoje  transmite 4 doenças, dengue,febre amarela,zica vírus e febre chikungunya.

Mesmo sendo feito monitoramento e visitas com orientação pelos agentes de saúde, o número de  larvas  do  mosquito através do LIRA, feito a cada dois meses aumento em mais de 100%    em 2016.

Para  tentar diminuir esses dados uma parceria entre a Secretária de Saúde, através do Setor de Endemias, com a Secretaria  de obras, foi feita na tentativa de não deixar que haja uma proliferação de dengue em Maracaju.

Os trabalhos começaram na manhã desta segunda feira (23), e deve ter a duração de 60 dias, são 40 pessoas em uma ação mecânica,  limpando os locais onde o mosquito pode colocar os ovos, eliminando assim o foco de larvas, além de estar orientando a população.

Segundo Mario Zan diretor do departamento de Endemias, são 15 .734 residências  em Maracaju, foram visitadas 8 mil pelos agentes e  quase todas apresentaram focos de larva. “ Isso nos preocupa muito,  mesmo o poder público fazendo sua parte, o morador não está fazendo a parte dele, quase sempre, existe reincidência  onde passamos, se não tiver colaboração da população, todo o esforço será em vão”, disse Mario.

Thiago Caminha Secretário de Obras, disse que o poder público    faz mais  do que lhe compete, todos os terrenos públicos e imóveis estão sendo limpos e agora, essa ação mecânica para auxiliar e sensibilizar os moradores do real perigo que ronda as casas. “ O prefeito Maurílio,  preocupado com a saúde pública, nos autorizou a contratação de 15 pessoas para essa campanha, além dos agentes de saúde; agora também vamos notificar todos os terrenos  particulares com matagal e dar um prazo de não for feito a limpeza vamos multar o proprietário. Não podemos perder essa luta, as seqüelas da doença em alguns casos são irreversíveis, todo ano fazemos campanha e o numero só aumenta, precisamos muito que a população nos auxilie, nos ajude, essa é uma luta de todos”, disse Thiago.

Por: Paulo Roberto

Foto: Graci Sulzbach Fernandes

 

 

.