Programa Incubadora lança o projeto Maná – Leite

p1080971

Com o objetivo de organizar a cadeia produtiva do leite na agricultura familiar do Assentamento Santa Guilhermina, a Incubadora Tecnológica de Cooperativas da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul em parceria com O Departamento Agropecuário Municipal, realizaram nesse dia 22 de fevereiro, um dia de vivência e troca de experiência. A visita faz parte do projeto Maná-Leite: Jersey, que investe na profissionalização do agricultor com vistas ao desenvolvimento de sua capacidade empreendedora e melhoramento do rebanho leiteiro como forma de aumentar a renda dos produtores de leite e promover a inclusão social.
As etapas do projeto serão executadas no segundo semestre de 2017, e tem um prazo de realização de 36 meses, contando com atividades de mapeamento do plantel, sanidade, nutrição e reprodução animal, além de visitas em algumas propriedades que já desenvolvem a criação da raça Jersey.
Participaram da reunião a Coordenadora das ITCP da UFMS, Mirian Coura, Veterinário Fabrício Machado, O Zootecnista Pedro H. Gonçalves Ribeiro e o Diretor do Departamento Agropecuário Municipal Eloar Castelaci.
Vão participar do projeto 18 produtores com possibilidade de abertura para mais 10. A média semanal é de 1.100 litros de leite que serão vendidos para merenda escolar.
Cada produtor terá 2hectare de área com 7 piquetes destinados ao projeto, com quatro vacas cada produtor.
De acordo com Eloar Castelaci, esse é mais uma etapa do projeto destinados os pequenos produtores. O projeto Incubadora Tecnológica, já implantou o frango caipira, agora cadeia produtiva do leite, em breve programa de produção de laranja. Ainda segundo Castelaci,o próximo passo é a implantação da Mini Usina de Laticínios, que já está com os estudos e projetos bem adiantados.
Por: Paulo Roberto