Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Maracaju - MS e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura Municipal de Maracaju - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Youtube
Rede Social Linkedin
Rede Social Instagram
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
05
05 AGO 2022
VACINAÇÃO
Prefeitura de Maracaju inicia Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite em Maracaju e Vista Alegre
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO
Secretário Municipal de Saúde Thiago Caminha reforçou a importância da imunização.
 
A Prefeitura de Maracaju através da Secretaria Municipal de Saúde, informa que a partir de segunda-feira (08-08) inicia a “Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite” e Multivacinação para crianças e adolescentes menores de 15 anos.
 
A aplicação das doses ocorrerá em todas as Unidades de Saúde de Maracaju e distrito de Vista Alegre, no horário de atendimento das salas de vacinação. No decorrer da campanha, horários alternativos e estendidos serão divulgados.
 
Estamos trabalhando intensamente para recuperar o tempo de pessoas e crianças que deixaram de tomar vacinas durante a crise sanitária, por isso, aderimos a campanha proposta pelo Ministério da Saúde e convidamos os pais ou responsáveis para levarem seus filhos para vacinar contra a poliomielite, bem como, atualizar a caderneta de vacinação de crianças e adolescentes menores de 15 anos, vacinar é um ato de amor e proteção com aqueles que mais amamos, não deixe de participar.” Ressaltou Thiago Olegário Caminha, Secretário Municipal de Saúde.
 
A ação, desencadeada pelo Ministério da Saúde, visa reduzir o risco de reintrodução do poliovírus selvagem no País, além de aumentar a cobertura vacinal para todas as vacinas recomendas pelo Plano Nacional de Imunização e atualizar as carteiras de vacinação de crianças e adolescentes.
 
Sobre a Campanha Nacional do Ministério da Saúde
 
A poliomielite é uma doença contagiosa aguda causada por um vírus que pode provocar paralisias irreversíveis e fatais. A vacinação é a principal forma de prevenção. O Brasil não detecta casos de poliomielite desde 1989 e, em 1994, recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) a certificação de eliminação da doença. Em todo o mundo, as campanhas de imunização reduziram de centenas de milhares para apenas algumas dezenas o número de casos por ano. Recentemente, porém, a doença reapareceu em alguns países, levantando um alerta.
 
A nova campanha busca alcançar ao menos 95% das crianças de 1 a 4 anos de idade. A última vez que isso ocorreu no Brasil foi em 2015, quando as taxas de vacinação começaram a cair. O esquema de proteção contra a poliomielite prevê a aplicação de três doses aos 2, 4 e 6 meses de idade, mediante injeção intramuscular. Depois, a criança deve receber reforço com 15 meses e com 4 anos: essas novas doses são ministradas via oral e simbolizadas pelo Zé Gotinha, personagem criado pelo governo brasileiro na década de 1980 para tornar as campanhas de vacinação amigáveis para o público infantil.
 
Já a multivacinação prevê a atualização das cadernetas de crianças e adolescentes, conforme calendário previsto no Programa Nacional de Imunizações (PNI). Dessa forma, são disponibilizadas doses que protegem contra diversas doenças como tuberculose, hepatite, tétano, difteria, meningite, febre amarela, sarampo, rubéola, caxumba, catapora, gripe e covid-19, entre outras.
 
Com informações da Agência Brasil
 
Autor: Tiago S. Rodrigues DRT 1785/MS - Assessor de Comunicação Responsável
Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia