Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Maracaju - MS e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Maracaju - MS
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Linkedin
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
FEV
07
07 FEV 2023
VACINAÇÃO
Prefeitura de Maracaju alerta sobre a importância da vacinação contra a Febre Amarela.
enviar para um amigo
receba notícias
Caso confirmado no estado de São Paulo acende o alerta sobre a necessidade da imunização, especialmente, daqueles que estão com a carteirinha de vacinação em atraso.

A Prefeitura de Maracaju, por meio da Secretaria Municipal de Saúde vem a público reforçar a importância da vacinação contra a Febre Amarela, tal fato, deve-se a necessidade apontada no Alerta Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde de nº 01/2023.

A nota emite alerta à população após a confirmação do primeiro caso de Febre Amarela no estado de São Paulo. Tratando-se de um idoso, não vacinado, morador da zona rural do município de Vargem Grande do Sul. De acordo com as informações fornecidas pelo Ministério da Saúde, o caso foi confirmado em 23 de janeiro de 2023 e segue em investigação epidemiológica.

Nos últimos quatro anos, o estado de Mato Grosso do Sul registrou 20 casos suspeitos de Febre Amarela, todos descartados. Os casos confirmados mais recentes ocorreram em 2015 e 2010, respectivamente, nos municípios de Bonito e Corumbá.

“Este caso no estado de São Paulo, acende um importante alerta sobre a necessidade da atualização da caderneta vacinal, levar nossos filhos e netos a uma Unidade Básico de Saúde é o mais correto no caso de dúvidas, temos colaboradores preparados para atender, conferir a carteirinha e o sistema, verificando exatamente qual vacina resta e, especialmente, estamos na campanha da vacina contra a febre amarela.” Explicou Thiago Caminha, Secretário Municipal de Saúde.

No município há um cronograma de vacinação contra a febre amarela, disponibilizado em todos os postos de saúde e que pode ser conferido a seguir:

Segunda-Feira: Posto Central e ESF Balbino;

Terça-Feira: ESF Jardim Guanabara e ESF Olídia Rocha;

Quarta-Feira: ESF Nestor Muzzi, Cambaraí e Vitória Marcondes (Vista Alegre);

Quinta-Feira: Posto Central e ESF Ambrózio;

Sexta-Feira: ESF Nestor Muzzi e ESF Egídio Ribeiro;

Público que deve ser vacinado:

  • Crianças, ao completarem 9 meses de vida, devem receber 1 (uma) dose;

  • Crianças, ao completarem 4 anos de idade, devem receber 1 (uma) dose de reforço;

  •  Pessoas de 5 a 59 anos de idade, não vacinadas ou sem comprovante de vacinação, devem receber 1 (uma) dose;

  •  Pessoas que receberam apenas 1 (uma) dose da vacina antes de completarem 5 anos de idade devem receber 1 (uma) dose de reforço.

Sobre a Febre Amarela

A Febre Amarela é uma doença infecciosa febril aguda, imunoprevenível, de evolução abrupta e gravidade variável, com elevada letalidade nas suas formas graves. O agente etiológico é um arbovírus do gênero Flavivírus, transmitido ao ser humano pela picada de fêmeas dos mosquitos infectados e pertencentes à família Culicidae. No ciclo urbano, o principal vetor é o Aedes aegypti, enquanto no ciclo silvestre, os transmissores são os mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes.

Os sintomas incluem febre alta, cefaléia, inapetência, náuseas e mialgia. Casos graves podem apresentar manifestações hemorrágicas, insuficiência hepática e renal, com evolução para óbito. A importância epidemiológica decorre da gravidade clínica, da elevada letalidade e do potencial de disseminação e impacto, sobretudo quando a transmissão for urbana, por Aedes aegypti.


 
Autor: Tiago S. Rodrigues DRT 1785/MS - Assessor de Comunicação Responsável
Seta
Versão do Sistema: 3.4.1 - 29/04/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia